5.1. Introdução

Em todo sistema computacional, a memória é componente essencial e de extrema relevância para o bom funcionamento do computador. Com o passar dos anos, as memórias evoluíram bastante e são formadas por vários componentes numa chamada Hierarquia de Memória. Na Figura 5.1, “Hierarquia de Memória” é apresentada como o ela é organizada. As memórias de mais velozes possuem custo por bit maior, devido às suas tecnologias, mais avançadas e mais complexas para fabricação

Figura 5.1. Hierarquia de Memória


As tecnologias mais avançadas até o momento são as chamadas SRAM (Static Random-Access Memory). Elas são mais utilizadas em registradores e memórias Cache. Por serem mais caras, elas estão presentes nos computadores em quantidades menores, para não encarecer demais o projeto. Já a memória principal é fabricada utilizando tecnologia DRAM (Dynamic Random-Access Memory). Por serem de tecnologia menos sofisticada, são mais lentas, mas mais baratas do que as SRAM. Por isso elas são montadas em maior quantidade do que as memórias Cache e os registradores.

Já as Memórias Secundárias são formadas por tecnologias de memórias Magnéticas e Ópticas. Suas principais características são o baixo preço por bit, baixo preço e, por consequência, alta capacidade. Além disso, as Memórias Secundárias são memórias não voláteis, ou seja, seus conteúdos são preservados mesmo com a interrupção da fonte de energia. Devido ao avanço da complexidade das memórias dos computadores, elas são organizadas formando o chamado Sistema de Memória.